E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR
01 de Fevereiro | 15:48

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Microempreendedores de Nova Ubiratã devem estar atentos ao prazo de Declaração Anual de Faturamento

Os Microempreendedores Individuais (MEI) de Nova Ubiratã tem até o dia 31 de maio para realizarem a Declaração Anual do Simples Nacional, também conhecida como Declaração Anual de Faturamento – DASN-SIMEI.

 

A recomendação é do Centro de Apoio ao Empreendedor (CAE), órgão ligado a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura.

 

Atualmente Nova Ubiratã conta com 373 empresas, dos mais variados segmentos, cadastradas no Simples Nacional.

 

A declaração anual é obrigatória, nela devem constar informações sobre a receita bruta recebida no ano anterior referente a transporte intermunicipal e interestadual, atividades de comércio e indústria, assim como o histórico de empregados contratados durante o período a ser declarado.

 

Ainda de acordo com o CAE, o microempreendedor que não oficializar a declaração deverá pagar multa e ter o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) bloqueado, isso porque sem realizar a declaração os boletos deixam de ser gerados, impedindo o pagamento e consequentemente a inadimplência.

 

A declaração deve ser feita, das 7h ás 13h, no Centro de Apoio ao Empreendedor localizada em anexo ao Poupa Tempo, na avenida Tancredo Neves, área central.

 

“O processo é bem simples, mas precisa ser formulado pelo proprietário da empresa e/ou um representante que tenha em mãos os dados exigidos como faturamento anual da empresa assim como o CNPJ da empresa requerente”, explica o secretário municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Wellyngton Manoel Tavares Miranda.

 

No espaço ainda é possível obter orientações referentes ao trâmite para abertura, expansão ou encerramento de empresas, formalização de CNPJ, emissão de nota fiscal, impressão de guias do Simples Nacional, entre outros.

 

Serviços

Em 2018 o Centro de Apoio ao Empreendedor de Nova Ubiratã realizou aproximadamente 600 atendimentos presenciais. Entre os serviços mais procurados estão; abertura de MEI (Microempreendedor Individual), emissão de guias de pagamento (DAS), parcelamento de débitos, atualização cadastral além de orientações referentes à emissão de alvarás de funcionamento e da vigilância sanitária.