E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

Técnicas de solo

04 de Março | 18:58

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Seminário de Jiu-jitsu reúne mais de 60 atletas de Nova Ubiratã

A busca por novas técnicas e o aperfeiçoamento daquelas já utilizadas, são requisitos básicos para os praticantes de artes marciais que visam maior rendimento dentro dos tatames.

 

E foram exatamente esses motivos que levaram mais de 60 atletas a participarem do primeiro Seminário de Jiu-jitsu Selvagem BJJ, realizado entre os dias 1 e 2 de março (sexta-feira e sábado) na Associação Nova Ubiratãense de Judô, em Nova Ubiratã.

 

Ministrado pelo faixa preta 4º grau e proprietário do Centro de Treinamento Selvagem Brazilian Jiu-jitsu, com sede em Brasília e filiais no Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e nos Emirados Árabes (Dubai), Reinaldo Eyng Júnior, o seminário abordou técnicas de luta em solo além da importância de unir as duas artes marciais.

 

“O jiu-jitsu vem para completar as técnicas do judô, forte na luta em pé, mas que também se desenvolve no solo que, aliás, é uma especialidade do jiu-jitsu. Quando o atleta domina essas duas técnicas ele se torna mais competitivo, ou seja, seu rendimento é muito maior”, avalia Reinaldo conhecido no mundo das artes marciais como “Selvagem”.

 

Outra vantagem, segundo o professor, são as trocas de experiências promovidas por meio do intercâmbio entre atletas de diferentes regiões do país e do mundo.

 

“Eventos como esse possibilitam a troca de experiências além de fortalecer nossos laços de amizade e parceria. Fiquei impressionado com a qualidade técnica e disciplina dos atletas da Anju. Eles se mantiveram focados e executaram todos os movimentos repassados (...) é muito prazeroso trabalhar onde você se sente valorizado, um lugar em que sua presença é aproveitada e foi exatamente isso que senti aqui em Nova Ubiratã”, enaltece o professor que tem em seu currículo títulos importantes como o de; campeão internacional Pro UAEJJF, Copa Mundo 2013, Mundial 2017 LBJJ e pan-americano CBJJE em 2009.

 

Para o presidente da Anju e coordenador regional do CT Selvagem, Sensei Cyro Capistrano da Silva Neto, o seminário propícia uma experiência nova aos atletas em especial aqueles que estão iniciando nas artes marciais.

 

“Na maioria das vezes sou eu quem viajava em busca do aperfeiçoamento. Hoje estamos fazendo o caminho contrário e trazendo alguns dos melhores professores do Brasil ‘pra dentro’ da nossa sede. Isso é muito gratificante e enriquecedor pra mim como sensei e pra eles como alunos”, assinala.

 

Cyro aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância da prática esportiva na vida de crianças, adolescentes e adultos.

 

“As crianças são uma fonte inesgotável de energia e muitos pais não sabem como agir já os adolescentes geralmente apresentam comportamento indisciplinado, por sua vez, o grande vilão dos adultos e até idosos é o sedentarismo. Para todos esses casos recomendamos a prática de exercícios físicos como, por exemplo, o judô e o jiu-jitsu. Outra coisa importante lembrar é que não existe limite de idade ou contraindicações para os interessados em aprender artes marciais”, conclui Capistrano.

 

Serviço

A Associação Nova Ubiratãense de Judô está localizada na avenida Getúlio Vargas próximo ao Ginásio Jonas Pinheiro, no centro de Nova Ubiratã.

 

As aulas acontecem, nas segundas, quarta e sextas-feiras, á partir das 17h30.

 

Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (66) 9 9647 3615.