E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

ATUALIZAÇÃO DE DADOS

06 de Setembro | 09:09

Autor: Karen Misae de Borba Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Prefeitura de Nova Ubiratã auxiliará IBGE no processo de censo demográfico 2020

A Administração Municipal será parceira do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no censo demográfico 2020.

 

O último levantamento havia sido realizado em 2010, sendo que desde este período as cidades voltadas ao agronegócio, como é o caso de Nova Ubiratã, apresentaram um crescimento acima da média em nível nacional.

 

O termo de cooperação foi confirmado durante encontro, realizado na última semana, entre representantes do IBGE e dos Poderes Executivo e Legislativo de Nova Ubiratã.

 

Com previsão para início em 31 de julho (2019) e término em 1º de agosto de 2020, em todo território nacional, o censo demográfico é a principal ferramenta para atualização de dados como número de habitantes, média de renda e escolaridade, entre outros.

 

Essas informações servirão como base para o desenvolvimento e implementação das políticas públicas assim como a destinação de recursos federais e estaduais.

 

“O papel da prefeitura se restringe em sensibilizar os moradores para que esses repassem informações fidedignas aos recenseadores. É importante ressaltar que será através dessa pesquisa que teremos a oportunidade de demonstrar para o Governo Federal os números reais sobre Nova Ubiratã”, explica o prefeito do município, Valdenir José dos Santos.

 

Ainda de acordo com o gestor, as informações obtidas devem ser utilizadas no planejamento das ações desenvolvidas pela Administração Municipal.

 

“Uma sociedade que conhece a si mesma tem mais chances de tomar as decisões mais acertadas, elaborar um planejamento preciso e garantir a melhoria da qualidade de vida de todos, sem exceção”, complementa Valdenir.

 

Conforme levantamento apresentado pelo coordenador de área do IBGE, Pedro Spoladore Ferreira dos Reis, Nova Ubiratã contará com um posto de coleta, 10 recenseadores e dois supervisores, sendo um Agente Censitário Municipal (ACM) e outro Agente Censitário Supervisor (ACS).

 

“O apoio da Administração Municipal e o envolvimento da sociedade é fundamental para que possamos abranger o maior número possível de pessoas e com isso promover a correta atualização de dados”, assinala.