E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS

19 de Junho | 12:13

Autor: Michel Ferreira Fonte: ASCOM Foto: Divulgação

Administração Municipal e professores debatem medidas para minimizar impactos da pandemia na educação

Atingidos diretamente pelas medidas restritivas impostas para frear a disseminação do novo coronavírus, professores de todo país estão se reinventado para manter a qualidade do ensino oferecido para milhões de alunos.

 

Em Nova Ubiratã não têm sido diferente. Com 2.400 estudantes matriculados na rede municipal, a cidade utiliza-se das mais variadas ferramentas tecnológicas e humanas para dar continuidade ao ano letivo.

 

A plataforma digital “Educação Antenada Nova Ubiratã” e a entrega do material apostilado em domicílio estão entre as ações implementadas.

 

Os efeitos das ações foram debatidas, na  manhã desta quarta-feira (17), num encontro que contou com a participação de membros do Poder Executivo e representantes da classe.

 

Durante o encontro também foram abordados assuntos relacionados à concessão de férias, licenças e benefícios por tempo de serviço, a exemplo do quinquênio (destinado para profissionais efetivos com tempo igual e/ou superior a cinco anos de serviço).

 

“Identificamos que vários profissionais estão aptos a receberem o benefício. No entanto, como todos continuam exercendo suas atividades via home office, eles renunciaram deste direito temporariamente”, explica o secretário municipal de Finanças, Edivan Batista Beserra.

 

“Fomos ‘pegos’ de surpresa com a confirmação da liberação do quinquênio, mas, como dissemos anteriormente, os professores continuam trabalhando on line e qualquer afastamento nesse momento poderia prejudicar a elaboração dos materiais disponibilizados na plataforma digital”, observou o professor e presidente interino da subsede do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), Jailson Lopes da Silva.

 

Para o prefeito Valdenir José dos Santos, a revogação da medida evidencia o amadurecimento dos diálogos mantidos entre a classe e a Administração Municipal.

 

“Foi um encontro extremamente produtivo. De um lado tivemos os professores reafirmando seu comprometimento neste momento difícil e do outro a Administração Municipal que demonstrou respeito ao atender o pedido da classe”, assinala Valdenir.