E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

196 títulos

09 de Agosto | 12:30

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Nova Ubiratã é contemplado com a entrega de títulos de regularização urbana e rural

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, entregou na tarde desta terça-feira (08) 196 títulos de regularização fundiária urbana e rural para o município de Nova Ubiratã.

 

O evento, realizado no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, também foi marcado pela assinatura do Termo de Cooperação Técnica de Regularização Fundiária que irá beneficiar nove municípios, 55 assentamentos e 400 famílias com a regularização de mil hectares de terra.

 

Em Nova Ubiratã a iniciativa, que teve início em 2016 através do esforço conjunto da secretaria de Assistência Social, Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) e o Conselho Municipal de Regularização Fundiária e Desenvolvimento Sustentável (Conredes), contemplou 138 residências do conjunto habitacional do bairro Jardim Vitória além de outros 58 imóveis do perímetro urbano do Distrito de Piratininga, situado a 90 km da sede.

 

De acordo com o titular do Cartório do 1º Ofício de Nova Ubiratã e representante da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg-MT), Bruno Becker, a entrega dos títulos representa um grande avanço na economia do município.

 

“Essas famílias estão há décadas ocupando esses lotes urbanos e rurais na expectativa de obterem seus títulos definitivos. Com esse documento o pequeno agricultor poderá pleitear linhas de créditos em instituições financeiras viabilizando novos investimentos no setor produtivo e a geração de emprego e renda”, esclarece.

 

“As vantagens são semelhantes para os beneficiados com os títulos urbanos, pois com o documento eles podem comprovar a propriedade sobre o imóvel e também requererem empréstimos para obras de ampliação ou reformas”, conclui.

 

A entrega dos títulos urbanos também foi comemorado pela Chefe do Departamento de Habitação de Nova Ubiratã, Dyeny Nering.

 

“Estamos muito felizes pelos moradores beneficiados nesta primeira etapa. Agora sim eles são proprietários definitivos de suas residências”, disse a servidora responsável pelo cadastramento e recadastramento (no caso de pessoas que adquiriram os imóveis de terceiros) do conjunto habitacional.

 

“Confesso que no início encontramos dificuldades já que muitos moradores estavam incrédulos com a regularização”, complementa.

 

Dados da secretaria de Assistência Social apontam que dos 300 imóveis do bairro Jardim Vitória cerca de 20% apresenta algum tipo de irregularidade.

 

A meta da administração municipal é regularizar 1,2 mil propriedades rurais, 950 delas pertencentes a assentamentos rurais, e outros 5 mil lotes urbanos situados na sede e comunidades rurais.

 

Também participaram da solenidade de entrega de títulos; o deputado estadual Dilmar Dal'Bosco, o secretário municipal de Agricultura, Paulo Centurião, o representante da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Mato Grosso (AEA-MT), João Dias Filho, o Secretário de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (SEAF), Suelme Evangelista Fernandes, o presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Distrito de Piratininga (APPRUPP), Antônio Gonçalves os vereadores Adilson Luiz da Silva, Claudir Antônio Rizzo, Jaime Hobold Júnior, José Dias Pedroso, Nilton Parizotto e Diogo Setter.