E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

ATO DE SOLIDARIEDADE

04 de Outubro | 12:01

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

MPE promove doação de brinquedoteca para abrigo infantil de Nova Ubiratã

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Ubiratã, promoveu a entrega da primeira brinquedoteca do abrigo infantil Casa Lar.

 

A inauguração da brinquedoteca ocorreu na tarde desta segunda-feira (02) e contou com a presença de representantes do poder executivo e de uma empresa da iniciativa privada.

 

Recepcionados pela promotora de Justiça Fernanda Pawelec, o grupo teve a oportunidade de conhecer o espaço onde são atendidas cinco menores com idades entre 04 e 17 anos.

 

Dentre os materiais repassados ao abrigo estão; um expositor de brinquedos tipo estante, uma mesa para computadores, uma mesa de estudos além de dezenas de livros e brinquedos educativos.

 

Segundo a agente signatária, o material foi adquirido com recursos de dois acordos firmados pelo MPE; o primeiro deles referente a uma transação penal por transporte ilegal de madeira e o segundo, no valor de R$ 6,7 mil, de uma Ação Civil Pública.

 

“Nosso objetivo é oferecer um ambiente mais agradável a essas crianças. Não podemos deixar de lembrar que todas foram afastadas do convívio familiar de origem e por isso podemos concluir que passam por um período de sofrimento”, justifica Fernanda Pawelec.

 

Para ela, tão importante quanto à revitalização do espaço é a participação dos moradores, em especial do setor empresarial.

 

“Seria interessante que a sociedade ubiratãense participasse de forma mais efetiva. Realizamos tudo com muito carinho, convidamos dezenas de comerciantes e empresários que infelizmente não compareceram”, lamenta.

 

Débora Ferreira da Silva, coordenadora da Casa Lar, também defendeu a participação dos moradores como forma de inserção social das crianças acolhidas.

 

“Nós temos crianças que já estão aqui há seis anos, são seis aniversários, seis natais, seis dias das crianças (..) longe da família biológica e isso meche com o lado sentimental de qualquer pessoa. Essas crianças precisam sentir que são importantes, que existem pessoas que se preocupam com elas”, opina.

 

Já a secretária de Assistência Social e responsável pela manutenção do espaço, Sileuza Dias Santos, parabenizou a iniciativa do Ministério Público. Segundo a gestora, apesar das dificuldades financeiras enfrentadas a prefeitura tem mantido sozinha a manutenção do espaço.

 

“Teoricamente a manutenção do abrigo deveria ser de responsabilidade da sociedade, porém isso não acontece na prática. Hoje nosso investimento mensal é superior a R$ 11 mil reais. Parte desse recurso é revertido no aluguel do imóvel, alimentação, roupas, cursos profissionalizantes e no pagamento de cinco servidoras que trabalham 24 horas por dia em esquema de plantão. Esse auxílio do Ministério Público vem numa boa hora e vai contribuir com a melhoria da prestação desse serviço”, enfatiza.

 

“Em época de crise toda ajuda é sempre bem vinda. Em nome das crianças atendidas gostaria de agradecer a promotora Fernanda Pawelec e os demais integrantes da Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Ubiratã”, reforça o prefeito do município, Valdenir José dos Santos.

 

Único representante do comércio local presente no evento, Ronivan Araújo Belém, gerente da loja Eletromóveis Martinello, se mostrou sensibilizado e também garantiu apoio ao projeto.

 

“Nossa empresa participa de vários eventos sociais e aqui na Casa Lar não será diferente. Estarei solicitando junto a matriz autorização para doarmos um jogo de cadeiras para completar a mesa de computadores”, disse.

 

Outro que 'abraçou' a causa foi o secretário municipal de Meio Ambiente, Ari Antônio Basso, que efetuou a doação de um microcomputador.

 

Também participaram da inauguração as cinco servidores municipais lotadas na Casa Lar e o secretário municipal de Saúde Silvio André Stolfo.