E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

SAÚDE DA MULHER

05 de Outubro | 09:56

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Secretaria adere a Campanha Outubro Rosa e unidades de Saúde passam a atender em horário diferenciado

A prefeitura de Nova Ubiratã, por meio da secretaria municipal de Saúde, lançou nesta segunda-feira (02) mais uma edição da Campanha Outubro Rosa.

 

Celebrado anualmente para promover a conscientização sobre o câncer de mama, doença que atingem milhares de mulheres de diferentes idades, a campanha será marcada por pit stop's educativos, distribuição de adesivos, guia de orientações e palestras.

 

Durante todo o mês de outubro, o público feminino ainda contará com avaliação odontológica, checagem e atualização de cartão de vacina, coleta de exame citopatológico e exame de mama.

 

Para facilitar a procura, a secretária de Saúde disponibilizou horários diferenciados de atendimentos, das 17h ás 21h, além do horário normal, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) I, II e III, respectivamente as segundas, quintas e sextas-feiras. A campanha também atinge as comunidades rurais onde estão situados 6 postos de saúde.

 

“As pessoas precisam se conscientizar que a prevenção ainda é o melhor remédio. Quando mais cedo for diagnosticado maiores serão as chances de cura da paciente”, alerta a coordenadora de Atenção Básica de Saúde, Drª Fernanda Fabris.

 

Ainda de acordo com a profissional, em apenas nove meses o município realizou 388 coletas de exames preventivos (sede e distritos) e outros 92 exames de mamografia.

 

“O aumento do número de exames é reflexo da agilidade e do comprometimento da nossa equipe. Outra vantagem é o fato de não termos filas de esperas por esses exames, sendo que o tempo entre a consulta, encaminhamento e realização dos exames não ultrapassa o período de vinte dias”, afirma.

 

Segundo dados da secretaria de Saúde, nos últimos 24 meses o município registrou cinco casos de câncer de mama e um de colo do útero. Felizmente em todos os casos a doença foi diagnosticada precocemente o que contribuiu para a recuperação das pacientes.

 

“Todos os casos suspeitos são encaminhados, em caráter de urgência, para um  oncologista do Hospital Santo Antônio, em Sinop. Sendo confirmada a doença nós fazemos de imediato a solicitação para início do tratamento. Essa agilidade é fundamental para a recuperação das pacientes ”, explica o secretário de Saúde do município, Silvio André Stolfo.

 

Mutirão pela vida

Neste ano, a administração pública irá promover o primeiro mutirão contra o câncer de mama. A iniciativa que conta com apoio da iniciativa privada irá beneficiar pacientes do chamado ‘público de risco’, de 50 a 69 anos de idade, e com prognóstico da doença.

 

Campanha mundial - O movimento com o nome “Outubro Rosa” iniciou nos Estados Unidos, por meio de várias ações relacionadas ao câncer de mama no mês de outubro, incentivando a população, empresas e entidades na luta contra a doença. A cor Rosa remete ao laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama. Este movimento chegou ao Brasil em 2002 e hoje está praticamente consolidado, disseminando ações para a população no combate a esta doença.

 

De acordo do o INCA (instituto nacional do câncer), o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 01% do total de casos da doença.