E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

Mutirão da Saúde

28 de Novembro | 21:56

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Administração municipal promove mutirão e zera fila por exames de ultrassonografia

Depois de erradicar a fila por cirurgias oftalmológicas, chegou a vez da secretaria de Saúde de Nova Ubiratã beneficiar cerca de 150 pacientes que aguardavam por exames de ultrassonografia.

 

O mutirão, realizado em duas etapas, sendo a últimas delas nesta sexta-feira (24), foi viabilizado graças a uma parceria firmada entre a administração municipal, Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Teles Pires e a empresa Ceter Diagnósticos por Imagem.

 

Entre os exames mais requisitados estão à ultrassonografia de mama, obstétrica, abdominal, endovaginal e de articulações.

 

De acordo com o secretário muniipal de Saúde, Silvio André Stolfo, os mutirões visam diminuir á espera por exames das mais variadas especialidades médicas.

 

“É importante lembrarmos que tecnicamente esses serviços são de responsabilidade do Governo do Estado, porém devido à demora o prefeito Valdenir José dos Santos determinou que a secretaria tomasse a iniciativa e realizasse os procedimentos com apoio do consórcio de saúde e empresas privadas”, assinala o gestor que acompanhado pela vereadora Elaine Cristina Teixeira conferiu a triagem dos pacientes.

 

“Alguns moradores estavam aguardando na fila há mais de três anos. Para evitar esse tipo de transtorno a prefeitura já deu entrada ao processo de aquisição de um aparelho de ultrassonografia que deve estar operando no início de janeiro”, revela.

 

Autora de uma indicação parlamentar, que previa a realização de exames de mama em mulheres do grupo de risco, Elaine Cristina defendeu o diagnostico precoce como forma de combate as doenças que acometem o público feminino.

 

“Em maio de 2016 fui diagnostica com câncer de mama. Poucos meses depois precisei ser submetida a cirurgia de mastectomia, (cirurgia para retirada do seio afetado). Confesso que foram momento difíceis, mas hoje graças a Deus estou curada. Acredito que o êxito do tratamento se deu devido ao diagnostico precoce”, relembra a vereadora que se tornou militante causa e coordenadora do Hospital do Câncer de Barretos, em Nova Ubiratã.

 

“Sinto-me privilegiada por ter recebido uma segunda chance e vencido a doença. Como forma de agradecimento atualmente dedico parte do meu tempo para ajudar as pessoas que passam pela enfermidade”, finaliza.

 

Leia também: Após conviver 47 anos com doença, morador de Nova Ubiratã passa por cirurgia e comemora resultado positivo