E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

Lixo nas calçadas

30 de Novembro | 20:39

Fonte: Site ubirata24horas Foto: Arquivo/Divulgação

Prefeitura de Nova Ubiratã é notificada para recolher entulhos e moradores podem ser responsabilizados

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Nova Ubiratã, notificou o prefeito da cidade, Valdenir José dos Santos, a adotar uma série de medidas para a regularização da limpeza das vias públicas. Entre as providências a serem tomadas estão a coleta e transporte dos resíduos sólidos e úmidos, comerciais e domiciliares, poda de grama e serviços de jardinagem. 


Consta na notificação, que nas principais ruas do município foi verificada quantia expressiva de lixo nas calçadas, como restos de construção civil, madeira, galhos de árvores e lixeiras lotadas. O MPE alerta no documento que a falta de limpeza adequada aumenta o risco de ocorrência da dengue, febre Chikungunya e Zika Vírus.


Além da retirada do lixo, o MPE também recomendou ao município que promova a notificação de todos os proprietários possuidores ou titulares de imóveis na cidade para que não depositem lixos orgânicos e entulhos de construção civil.


A notificação recomendatória foi expedida pela promotora de Justiça Fernanda Pawelec Vieira, no dia 23 de novembro.

 

Outro lado

Procurado pela reportagem, o prefeito do município informou que a entidade promove ao longo do ano várias ações para coibir a prática adotada por alguns moradores.

 

“A cidade conta com uma empresa privada de coleta e transporte de entulhos, porém muitos moradores optam em depositar o material nas calçadas e aguardar que a prefeitura faça a retirada”, explica Valdenir José dos Santos.

 

Ainda de acordo com o gestor, nesta segunda-feira (04) a entidade iniciará mais um mutirão de limpeza urbana. A iniciativa, coordenada pela secretaria municipal de Saúde, com apoio das secretarias de Obras, Meio Ambiente e Agricultura, visa reduzir a incidência de doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti.

 

“Existem casos em que a prefeitura recolhe os entulhos e poucos dias depois o morador vai lá e joga novamente. A prefeitura tem feito sua parte, mas a sociedade precisa se conscientizar e fazer a sua. Vou citar um exemplo de eficiência, no bairro Jardim Vitória nós implantamos um sistema diário de coleta de entulhos", diz o gestor que conclui "Acredito que com o apoio do Ministério Público do Estado possamos eliminar essa ‘cultura’ de lixo nas calçadas”.

 

*Com informações assessoria MPE