E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

Senar Tec Leite

26 de Junho | 19:21

Fonte: Assessoria Senar/MT Foto: Divulgação

Produtores rurais aprovam programa que visa o aumento da produção de leite em Nova Ubiratã

O SENAR Tec Leite, programa de Assistência Técnica e Gerencial, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), em Nova Ubiratã, tem como principal parceiro a prefeitura.

 

“Nossa expectativa é melhorar várias áreas como a alimentação das matrizes, o aparte das vacas e a preparação da silagem com a implantação deste programa em nosso município”, ressalta o prefeito Valdenir José dos Santos. Ele diz ainda que tem certeza que o programa ainda ajudará a melhorar a gestão da propriedade que também é uma preocupação para o produtor.

 

Com menos de sete meses de implantação o programa atende 30 produtores de leite na região que aprovaram a iniciativa. Para o casal John e Sheila Eldon Kramer ainda é muito cedo para falar sobre os benefícios. “Mas pelo que eu vi do programa tenho certeza que vai me ajudar, especialmente, na área de gestão da propriedade. Não sou muito bom com contabilidade”, diz John.

 

Nelson Amaro de Souza, acrescenta que o SENAR Tec leite vai ajudá-lo a melhorar a produtividade. “O fato de fazermos as anotações sobre o rebanho ajuda muito. Não conseguimos lembrar de tudo e quando está anotado fica mais fácil de visualizar as ações da propriedade. Mas ainda não consigo anotar tudo. É uma mudança de cultura, mas estou bastante otimista com a proposta. Minha expectativa é melhorar tanto a produtividade, quanto a produção”.

 

O presidente do Sindicato de produtores rurais de Nova Ubiratã, Albino Castilho Ruiz acrescenta que a cadeia produtiva do leite é importante para a economia do município. “Essa parceria com o SENAR-MT é primordial para trazer conhecimento, informação e, principalmente para capacitarmos os produtores e melhorar a produtividade e a produção do leite em nosso município”.

 

EVENTO – Nesta segunda-feira (25), Nova Ubiratã, a cerca de 500 quilômetros de Cuiabá foi ponto de mais de 100 produtores de leite. A programação incluiu palestras e oficinas. De acordo com o coordenador de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR-MT, Armando Urenha, o programa já está sendo implantado em pelo menos 15 municípios mato-grossenses.

 

Além dos números do programa SENAR Tec Leite apresentado por Urenha, os produtores tiveram a oportunidade de participar da palestra do médico veterinário, especializado em epidemiologia animal, Bruno Botaro que abordou o assunto “Leite de qualidade: um desafio nacional” e das oficinas sobre o transporte de leite in natura, avanços, desafios, tendências, manejo correto da ordenha e qualidade do leite.

 

itiraf et sormam lazim Odtululer Dershanesi