E-mail Imprimir

Imprensa | Ultimas Notícias

VOLTAR

Usina de etanol de milho

29 de Julho | 12:48

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Divulgação

Videoconferência abordará impactos socioeconômicos em implantação de usina em Nova Ubiratã

Os impactos socioeconômicos previstos com a implantação do 1º Complexo Industrial de Nova Ubiratã, será pauta de uma videoconferência promovida pela Administração Municipal e diretores da empresa Bionergia Celeiro do Norte (Biocen).

 

Marcado para esta quarta-feira (29), ás 15h, a reunião online é voltada para membros de classes representativas e religiosas, profissionais de diferentes segmentos, estudantes e a sociedade de modo em geral.

 

Na oportunidade representantes do Poder Executivo, bem como diretores e especialistas, irão sanar dúvidas referentes ao projeto que prevê a geração de mais de 2 mil empregos diretos e indiretos.

 

“Trata-se de um projeto macro que impactará na vida de todos os moradores de Nova Ubiratã. Sendo assim, nada mais justo que ele seja definido em conjunto com a sociedade, em regra, a maior beneficiada pelo projeto”, avalia o prefeito Valdenir José dos Santos.

 

A previsão é de que, somente os empregos diretos gerados pelo projeto, sejam injetados mensalmente em torno de um milhão e setecentos mil reais na economia local.

 

Efetivado, o complexo industrial será responsável pelo aumento anual de R$ 62.000.000,00 (sessenta e dois milhões de reais) na arrecadação de impostos do município. Já o investimento inicial para a efetivação do projeto está orçado em R$ 652.200.000,00 (seiscentos e cinqüenta e dois milhões e duzentos mil reais).

 

Conforme projeto descritivo, o complexo industrial será composto por uma planta para moagem de milho para produção de etanol (hidratado e anidro), DDGS (alta proteína e alta fibra) WDG, óleo de milho e energia elétrica através da cogeração com utilização de biomassa, além de construir uma cadeia produtiva primária e secundária, buscando também a produção de proteína animal em especial o confinamento bovino e as granjas aviárias e suínas.

 

“Podemos afirmar com clareza que a instalação deste projeto será fundamental para o fortalecimento do grande, mas principalmente do pequeno produtor rural que passa a contar com um importante parceiro para o desenvolvimento da agricultura familiar”, avalia Valdenir.

 

Para facilitar o acesso do público alvo, a vídeo conferência será ministrada por meio da plataforma digital Microsoft Teams. Clique AQUI e tenha acesso ao link.

 

Para ter acesso à sala online, o internauta precisa inscrever-se gratuitamente na plataforma (baixar o aplicativo do Windows) digital por meio do link disponibilizado pelos organizadores.

 

Em seguida ele deve inserir o nome completo no campo solicitado. O último passo é clicar na opção ingressar agora.

 

Os questionamentos podem ser feitos por meio do chat ou por voz. Para isso o internauta deve estar atento a opção de uso do microfone.